sábado, 10 de outubro de 2009

Inglorious Basterds - Tarantino Antropófago


Tarantino faz valer o manifesto antropofágico de Oswald de Andrade em seu "Bastardos Inglórios". Desde a trilha que usa temas de filmes antigos como o western "Alamo", passando por "Pour Elise" de Beethoven até a incrível semelhança do tenente Aldo Reine incorporado por Brad Pit comm Marlon Brando em "O poderoso chefão", passando pela cartaz muito parecido com o de "Nascido para matar" de Kubrick.

Também é inegável a semelhança da afetação de "Tio Adolf" (como Aldo chama a Adolf Hitler), que nos remete diretamente a Charlie Chapplin em "O grande ditador".

Claro, os mais atentos que eu, irão encontrar mais um sem-número de lugares comuns entre o mundo do cinema e a nova obra do mestre e isso não tem nada de errado não, muito pelo contrário, na minha humilde opinião, o mundo da arte é um constante reaproveitamento, uma infinita releitura de tudo de bom que alguém idealizou um dia, não é assim que vivemos nosso dia a dia?

Tarantino arrasa mais uma vez em um filme divertidíssimo e nos mostra que no cinema há espaço para recriarmos a realidade da forma que gostaríamos que ela tivesse realmente sido. Veja o trailer do filme e vá correndo assistir e é claro, no Kinoplex 6 com seu incrível somTHX do Lucas Arts.




Ah, e falando em Tarantino, outro vídeo imperdível é a discussão "filosófica" entre Selton Melo e Seu Jorge, "Tarantino's Mind".

Nenhum comentário: