quinta-feira, 11 de março de 2010

Frango de pobre ao pequi e cuscuz ao aniz

Não se deixem enganar pela foto, além de só termos tido a ideia de fotografar depois de ter comido quase tudo, só tivemos a ideia de fotografar depois de ter comido quase tudo.

O Frango

4 sobrecoxas
1/2 limão
azeite de oliva
1 lata cerveja preta
1 col de chá de óleo de pequi
2 cebolas inteiras limpas
pimenta de bico
1 dente de alho esmagado

Tempere o frango dentro de um tupperware com limão, sal e o óleo de pequi, feche a tampa e agite para o tempero passear por todas as partes.
Numa panela de pressão, refogue o alho com azeite.
Coloque o frango e as cebolas, refogue dos dois lados até a pele começar a ficar crocante.
Coloque o resto do tempero do frango e logo depois, a cerveja e tampe.
Após começar a sair vapor, conte 10 minutos, desligue o fogo e solte o vapor.
Coloque tudo em uma travessa com as pimentas de bico.

O Cuscuz

200 ml de água
200 ml de cuscuz marroquino
aniz estrela
1 colher de mel
1/2 limão
azeite de oliva

molhe o cuscuz com o suco do limão e azeite de oliva, misture.
Ferva a água com o aniz, como que para fazer um chá, coloque a colher de sopa de mel e misture
Quando ferver, baixe o fogo e deixe mais um minuto.
Derrame sobre o cuscuz, ele irá absorver a água.
Você pode colocar o cuscuz dentro de um potinho e vira-lo num prato, vai ficar bunitim. Decore com um aniz.

Tempo total: 20 minutos
Dificuldade: ridículo
Cuidados: para esmagar o dente de alho, esprema-o usando a lateral de uma faca (não o fio, senão sua mão vai precisar de pontos), retire a parte interna do alho, ou então pule tudo isso e use o alho pronto.
Posted by Picasa

Um comentário:

Silvio disse...

Blz, vc nao perdoou meu artigo em excesso, mas será que dona Alice estava gaga quando o lírio que "se abriu em em setembro"?
E por que nas vezes que você voa de parapente nao leva a crase?
Saludos, Silvio